domingo, 2 de junho de 2013

Forças Armadas iniciam plano de segurança e defesa para a Copa das Confederações

tanques
Caças de combate aéreo, tanques e navios. 

O aparato militar das Forças Armadas brasileiras será utilizado a partir desta segunda-feira (3) nas capitais onde vão sediar os jogos da Copa das Confederações.

A operação militar faz parte do plano de defesa das Forças Armadas para trazer ainda mais segurança para competição.

Em Salvador, uma das sedes e que vai receber três jogos, sendo um da Seleção Brasileira, a coordenação do esquema de defesa militar vai ser realizada pela Marinha.

O braço armado dos mares ficará responsável pelo controle de área marítima, fiscalização de explosivos e ações de contraterrorismo até o dia 30 de junho.

A Marinha terá apoio, em Salvador, de duas divisões importantes da Aeronáutica e do Exército: O 19 BC (Batalhão de Caçadores) e a Base Aérea, onde devem ficar os caças F-5 usados no monitoramento dos céus.

As três forças armadas vão garantir a segurança de 15 estruturas fundamentais para a realização dos jogos, sendo subestações de água e energia elétrica, os portos de Salvador e Aratu e o Aeroporto Internacional de Salvador.

Ao todo, cerca de dois mil militares vão trabalhar em regime de prontidão durante os próximos dias, intensificando as ações na proximidade e realização de jogos.

O Varela Notícias mostrou, a poucos dias, a chegada de equipamentos militares que vão ser usados como bateria antiaérea. 

Estes tanques estarão em uso na Copa das Confederações e na Copa do Mundo em 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário